Divulgação
Divulgação

Manifestante lança bomba de fumaça e provoca o fechamento da Casa Branca (EUA)

O presidente Obama e a primeira-dama Michelle estavam em um restaurante próximo, onde comemoravam o aniversário de 48 anos dela

AP

18 de janeiro de 2012 | 03h40

Atualizado às 6h05

Washington - O lançamento de uma bomba de fumaça provocou o fechamento da Casa Branca, sede do governo dos Estados Unidos e residência oficial do presidente Barack Obama e sua família, no final da noite desta terça-feira, 17. Segundo o porta-voz do Serviço Secreto americano, George Ogivile, o artefato foi jogado após uma manifestação em frente ao imóvel, pelo movimento 'Ocupem DC' (abreviação de District of Columbia), onde está localiza a cidade de Washington. Pelo menos 1.500 pessoas participaram do protesto e a maior parte já havia deixado o local quando a bomba de fumaça foi atirada. De acordo com o Serviço Secreto, algumas pessoas foram detidas e quem estava dentro da Casa Branca foi impedido de sair pelo acesso para a Avenida Pennsylvania. Ninguém ficou ferido.

O presidente Obama e a primeira-dama Michelle estavam em um restaurante próximo, onde comemoravam o aniversário de 48 anos dela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.