REUTERS/Andrew Kelly
REUTERS/Andrew Kelly

Manifestantes protestam em várias cidades dos EUA contra violência policial

Uma grande manifestação em Baltimore terminou de forma pacífica, dois dias após uma onda de vandalismo em razão da morte de um homem negro que estava sob custódia da polícia

O Estado de S. Paulo

30 de abril de 2015 | 08h01

BALTIMORE, EUA - Manifestantes marcharam contra a violência policial nos Estados Unidos em cidades como Nova York e Denver na noite de quarta-feira, e uma grande manifestação em Baltimore terminou de forma pacífica, dois dias após uma onda de vandalismo em razão da morte de um homem negro que estava sob custódia da polícia.

Os protestos foram as ações mais recentes contra a discriminação racial e o uso de força letal por parte da polícia, iniciadas em resposta à morte de homens negros desarmados por policiais brancos em Cleveland, Ferguson, Nova York e outros lugares no ano passado.

A polícia da cidade de Nova York prendeu mais de 60 pessoas, à medida que manifestantes andavam sem destino em grupos por Manhattan, bloqueando o tráfego em algumas áreas. Protestos menores aconteceram em Boston, Houston, Ferguson, Washington e Seattle. Diversos manifestantes foram presos em Denver.

Em Baltimore, 3 mil soldados da Guarda Nacional e a polícia se juntaram para aplicar o toque de recolher de 22h, à medida que milhares de pacifistas se juntaram em frente à prefeitura. A marcha concluiu um dia de calma na cidade que viu, dois dias atrás, uma grande manifestação violenta e depredação.

Manifestantes na cidade de Baltimore, majoritariamente negra, pediram respostas sobre o destino de Freddi Gray, de 25 anos, que morreu após sofrer lesões na espinha enquanto estava sob custódia da polícia. / REUTERS                

Tudo o que sabemos sobre:
EUABaltimoreNova York

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.