Marinha dos EUA afirma que porta-aviões chegou ao mar Vermelho

O porta-aviões USS Enterprise, dos EUA,chegou à área de operações da Quinta Frota da Marinhanorte-americana e passará a atuar nas águas do golfo Pérsico ena região, afirmou a Marinha do país na quarta-feira. Segundo os militares, o Grupo de Ataque do Porta-Aviões USSEnterprise, que inclui destróiers e um submarino, encontrava-seno mar Vermelho depois de ter passado pelo canal de Suez e sedirigia, agora, para a região do golfo. O tenente John Gay, da Quinta Frota da Marinha dos EUA,afirmou, no Barein, que o USS Enterprise passava a ser agora oúnico porta-aviões norte-americano em operação no golfo Pérsicoe na região do golfo. Os EUA vêm realizando demonstrações de força em meio aoimpasse com o Irã em virtude do programa nuclear deste país. Os grupos de ataque dos porta-aviões USS Stennis e USSNimitz, que haviam sido mandados à região do golfo,encontram-se agora no oceano Pacífico, na área de atuação daSétima Frota, afirmou Gay. A Marinha disse, em um comunicado, que o Enterpriserealizará operações de segurança no mar e dará apoio aéreo àsforças de infantaria presentes no Afeganistão e no Iraque. Segundo Gay, o Stennis e o Nimitz não devem retomar suasoperações no golfo. No mês passado, o Pentágono disse não ter sido tomadanenhuma decisão sobre aumentar o poder de fogo naval dos EUA naregião e que o envio do USS Enterprise consistia em uma manobrade rotina. Uma autoridade do Pentágono afirmou haver a possibilidadede as forças norte-americanas limitarem-se a um porta-aviões naregião do golfo Pérsico. Os EUA enviaram um segundo porta-aviões para a área nocomeço do ano. Segundo autoridades norte-americanas, a manobravisava tranquilizar os aliados do país em vista da preocupaçãocom a crescente influência do Irã sobre a região. (Por Stefano Ambrogi)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.