McCain diz que votará contra a confirmação de Sotomayor

O senador descreveu a juíza como uma ativista judicial que tentou se retratar desse papel durante audiências

AE-AP,

03 de agosto de 2009 | 18h39

O senador John McCain (Republicano pelo Arizona) disse nesta segunda-feira, 3, que irá se opor à confirmação da magistrada Sonia Sotomayor como juíza da Suprema Corte dos Estados Unidos, quando o Senado votar sobre a questão nesta semana.

 

McCain, candidato presidencial republicano derrotado em 2008, descreveu Sotomayor como uma ativista judicial que tentou se retratar desse papel durante as audiências de confirmação no Senado. McCain disse que a juíza, nomeada para a Suprema Corte pelo presidente Barack Obama, usou sua posição de magistrada para tentar mudar a lei.

 

McCain é mais um entre vários senadores republicanos, que representam estados com grandes populações hispânicas, a dizer que irá votar contra a confirmação de Sotomayor. A juíza, filha de pais porto-riquenhos que imigraram aos EUA na década de 1940, foi criada em conjuntos habitacionais em Nova York e se graduou em universidades de prestígio.

 

McCain disse que a vida de Sotomayor foi inspiradora, mas isso não é razão suficiente para fazer parte da Suprema Corte. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Sonia SotomayorJohn McCain

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.