Médico de Serra Leoa morre com Ebola em hospital de Nebraska

Um cirurgião de Serra Leoa morreu com Ebola no hospital do Estado de Nebraska, nos EUA, para onde foi levado para receber tratamento após chegar da África Ocidental durante o fim de semana, informou o hospital nesta segunda-feira.

REUTERS

17 de novembro de 2014 | 11h40

O doutor Martin Salia, que possui residência permanente nos Estados Unidos, contraiu o vírus enquanto trabalhava em um hospital de Freetown, de acordo com seus familiares.

Salia já sofria de sintomas avançados da doença, incluindo deficiências renal e respiratória, ao dar entrada no Centro Médico de Nebraska, no sábado, disse o hospital em comunicado.

(Reportagem de Colleen Jenkins)

Mais conteúdo sobre:
EUASERRALEOAEBOLAMORTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.