Meio-irmão de Obama é preso por posse de drogas no Quênia

Presidente e seu meio-irmão se conhecem muito pouco e ele não esteve presente na cerimônia de posse

Agências Internacionais,

31 de janeiro de 2009 | 11h48

O meio-irmão do novo presidente norte-americano Barack Obama, George Obama, foi preso no Quênia por posse de maconha neste sábado, 31.   Veja também:  Veja a trajetória de Barack Obama   O inpetor Augustine Mutembei informou que George foi acusado de posse de Cannabis e de resistir à prisão. Ele deve ser julgado na segunda-feira, 2, informou.   Um correspondente da CNN conversou com o meio irmão de Obama e ele afirmou que foi levado de sua casa e que não sabe quais as acusações contra ele.   O presidente e seu irmão se conhecem muito pouco e segundo a emissora, ele foi um dos únicos parentes próximos de Barack que não foram à cerimônia de posse.

Tudo o que sabemos sobre:
Barack ObamaGeorge Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.