Menor que brincava com fósforos iniciou incêndio na Califórnia

Rapaz confessa o acidente responsável por destruir 21 casas e 15 mil hectares em Los Angeles

Efe e Associated Press,

31 de outubro de 2007 | 07h45

Um menor que estava brincando com fósforos iniciou o incêndio que arrasou mais de 15 mil hectares e destruiu 21 casas no norte do condado de Los Angeles (Estados Unidos), segundo as autoridades locais, informaram autoridades nesta quarta-feira, 31.  O rapaz, cuja identidade e idade não foram reveladas, confessou a culpa pelo foco de Buckweed, na localidade de Santa Clarita, em depoimento ao xerife do condado. Ele garantiu, no entanto, que o incêndio foi um acidente, informa o site do jornal Los Angeles Times. "Identificamos o menor como a pessoa que iniciou o incêndio. Ele foi interrogado pelos investigadores e reconheceu que estava brincando com fósforos e acidentalmente provocou o fogo", disse Steve Whitmore, porta-voz do escritório do xerife. Após prestar a declaração, o menor foi posto em liberdade sob a custódia de seus pais. O caso passou para o escritório do promotor do distrito de Los Angeles, que vai estudar se apresenta acusações ou não. O foco de incêndio de 155 Km² provocado pelo rapaz foi um dos muitos que nos últimos dias arrasaram o sul da Califórnia, causando pelo menos catorze mortes e destruindo mais de 2 mil imóveis e 200 mil hectares. O fogo começou na comunidade de Água Dulce, dia 21 de outubro, e se propagou rapidamente, devido aos fortes ventos do deserto da Califórnia. Autoridades prenderam cinco pessoas por provocar incêndios criminosos durante o período, mas nenhum dos acusados tem ligação com os maiores focos que atingiram a região. Segundo a polícia, um dos focos no Condado de Orange também foi criminoso, já que dois pontos de ignição foram encontrados a uma pequena distância um do outro. O incêndio destruiu mais de 11 hectares e 16 casas.

Tudo o que sabemos sobre:
incêndiosCalifórniaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.