Milhares deixam suas casas por incêndios na Califórnia

Pelo menos 1.500 pessoas precisaram abandonar residências por conta do rápido avanço das chamas na região

Efe e Associated Press,

28 de agosto de 2009 | 07h37

Foto: AP

 

LOS ANGELES - Mais de 1.500 moradores de Los Angeles, na Califórnia, tiveram que abandonar suas casas na madrugada desta sexta-feira, 28, por conta do avanço de um incêndio, que ameaça várias construções da região, informou o departamento de bombeiros.

 

Em Palos Verdes, que reúne um grupo de cidades costeiras da Califórnia, as pessoas tiveram que abandonar suas casas devido à velocidade do avanço do incêndio, que começou no fim desta quinta-feira. Não foram registrados ainda feridos e as equipes de bombeiros trabalharam durante a noite para conseguir controlar o fogo, que consome uma área de difícil acesso e com vegetação seca.

 

Na cidade de Cañada Flintridge, 500 casas estão sob ordem de despejo depois que o fogo, que começou na área do parque natural Angeles National Forest, avançou em direção a uma zona habitada e deixou ao menos 200 hectares queimados. No condado de Monterey, na região costeira central do Estado, outras 100 casas foram esvaziadas.

Tudo o que sabemos sobre:
incêndioCalifórniaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.