Larry Downing/Reuters
Larry Downing/Reuters

Ministros de Defesa dos EUA e da Rússia se reúnem no Pentágono

Encontro não acontecia há 6 anos; relações foram enfraquecidas após conflito na Geórgia

AP,

15 de setembro de 2010 | 19h29

WASHINGTON- O Pentágono abriu nesta quarta-feira, 15, suas portas para o ministro de Defesa da Rússia, a primeira reunião de alto nível do tipo em aproximadamente seis anos, vista como fundamental para melhorar as relações entre os dois países.

 

Veja também:

linkRússia e Noruega encerram 40 anos de disputa de fronteira

 

O secretário de Defesa Robert Gates e seu colega do Kremlin, Anatoly Serdyukov, afirmaram que irão aumentar a cooperação bilateral após o encontro, o que deve envolver programas militares conjuntos e exercícios.

 

Oficiais dos dois lados afirmaram esperar que as conversas renovem as relações de Washington com Moscou, enfraquecidas em 2008, após a Rússia enviar suas tropas para a Georgia com o objetivo de apoiar duas regiões separatistas.

 

Em agosto de 2008, uma tentativa da Geórgia de recuperar o controle da Ossétia do Sul levou a uma guerra de cinco dias entre os dois países, que envolveu também a região da Abecásia.

 

O aniversário de dois anos do conflito tem sido usado pela Rússia para reforçar seus laços com as duas regiões separatistas.

 

Durante sua recente visita à Abecásia, o presidente russo Dmitri Medvedev reiterou o apoio da Rússia à independência da região e prometeu mais ajuda financeira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.