Morre o ex-porta-voz da Casa Branca Tony Snow

Snow, de 53 anos, morreu em decorrência de um câncer de cólon recorrente

Efe

12 de julho de 2008 | 10h16

O ex-porta-voz da Casa Branca e comentarista conservador Tony Snow morreu neste sábado, 12, devido a um câncer de cólon, anunciou a rede de televisão Fox. O ex-porta-voz da residência oficial americana trabalhava para o canal de televisão Fox News em maio de 2006 quando recebeu a oferta de substituir Scott McClellan como secretário de imprensa da Casa Branca. Snow, de 53 anos, desempenhou o cargo por apenas 17 meses, devido à recorrência de um câncer que já tinha sofrido anteriormente. Em 2005, os médicos retiraram o cólon de Snow e o submeteram a um tratamento de quimioterapia durante seis meses. Em março de 2007, foi retirado do ex-porta-voz da Casa Branca um tumor cancerígeno da região abdominal, e ele passou cinco semanas em recuperação antes de voltar a seus trabalhos na residência oficial. Seis meses depois, em setembro de 2007, Snow abandonou definitivamente o posto. Snow alegou que o motivo de sua partida não era o estado de saúde, mas a necessidade de ganhar mais dinheiro do que o Governo lhe pagava. Em abril deste ano, havia se unido à equipe da CNN como comentarista.

Tudo o que sabemos sobre:
Tony SnowEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.