Mulher de herdeiro da Tetra Pak é achada morta em Londres

A esposa norte-americana de um herdeiro da fábrica de embalagens Tetra Pak foi achada morta em Londres, disse a polícia nesta terça-feira, e um homem que pode ser o marido dela foi detido por suspeita de assassinato e porte de entorpecentes.

STE, Reuters

10 de julho de 2012 | 20h19

A polícia informou apenas que o homem preso tem 49 anos, mesma idade de Hans Kristian Rausing, filantropo que reside em Londres e é filho do sueco Hans Rausing, que se tornou um dos homens mais ricos graças à Tetra Pak.

Ele teve quatro filhos com a norte-americana Eva Rausing, de 48 anos, que foi achada morta na segunda-feira no elegante bairro londrino de Belgravia.

Segundo a imprensa londrina, Hans Kristian Rausing teria sido preso após buscas policiais na casa da família.

O casal tinha um histórico de problemas com drogas, e supostamente se conheceu em uma clínica de reabilitação.

A Tetra Pak foi fundada em 1944 pelo pai de Hans Rausing, que em 1990 vendeu sua participação na empresa a um irmão. Hans Rausing, de 86 anos, tem uma fortuna estimada pela Forbes em 10 bilhões de dólares, o que faz dele o 88o homem mais rico do mundo. Ele tem duas filhas e um filho.

(Reportagem de Michael Holden)

Tudo o que sabemos sobre:
EUATETRAPAKMORRE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.