Mulher mata os 4 filhos e se suicida na Flórida

Uma mulher matou seus quatro filhos a tiros antes de cometer suicídio na terça-feira numa pequena cidade da Flórida, segundo autoridades.

REUTERS

15 Maio 2012 | 17h43

O crime aconteceu numa casa de Port St. John, no Condado Brevard, a cerca de 25 quilômetros do Centro Espacial Kennedy, da Nasa.

Tod Goodyear, porta-voz do xerife local, disse que Tonya Thomas, de 33 anos, aparentemente usou uma pistola para matar seus filhos, de 12, 13, 15 e 17 anos.

Goodyear disse que um vizinho chamou a polícia pouco antes do alvorecer, relatando ter ouvido tiros. Quando a polícia chegou, encontrou uma menina de 17 anos, gravemente ferida, no jardim da casa, que fica num bairro pacato.

Mais tiros foram ouvidos no interior da casa quando a equipe da Swat chegou e entrou pelos fundos, segundo o policial.

Um vizinho contou à polícia que três dos menores haviam batido à sua porta pouco antes das 5h. "Um deles pode ter sido baleado e estava sangrando, então o vizinho pegou uma toalha para a criança", disse Goodyear.

Tonya Thomas então apareceu na porta do vizinho e ordenou às crianças que voltassem para casa, o que elas obedeceram.

Em 1987, seis pessoas, inclusive dois policiais, foram mortas em uma chacina no mesmo condado.

Goodyear disse que a polícia foi chamada à casa por várias ocasiões no passado e que o jovem de 15 anos, um menino, foi preso no mês passado por violência doméstica contra sua mãe.

O marido de Tobya, pai de todos os jovens, saiu de casa há alguns meses, acrescentou o porta-voz.

(Reportagem de David Adams)

Mais conteúdo sobre:
EUA FLORIDA MAE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.