Multidões dão boas vindas a 2014 com fogos e névoa com sabor de frutas

De Sydney a Londres a San Francisco, foliões deram as boas vindas a 2014 com fogos de artifício extravagantes, grandes festas de rua e até com névoa com sabor de frutas.

VICTORIA CAVALIERE E ERIC M. JOHNSON, Reuters

01 de janeiro de 2014 | 12h56

Em Nova York, milhares de pessoas, muitas usando chapéus semelhantes aos de desenhos animados e balançando bexigas ou sinos, resistiram às temperaturas congelantes em meio à segurança reforçada na Times Square para a festa de rua de véspera de Ano Novo.

Multidões assistiram a performances musicais de Miley Cyrus e Melissa Etheridge, que cantou a música "Imagine", de John Lennon, e observaram o tradicional ritual com a bola de Ano Novo.

A juíza da Suprema Corte norte-americana e nova-iorquina Sonia Sotomayor ajudou na festividade ao apertar um botão para sinalizar que a bola incrustada de cristais seria descida sobre a Times Square, liderando uma contagem regressiva de 60 segundos.

A chegada da meia-noite provocou um dilúvio de confetes e música no centro de Manhattan.

"Estamos vivendo à base de barrinhas de granola e pequenas garrafas de água, pois, se você se mover, perde seu lugar", disse Sheila Harshbarger, que viajou de Indiana para Nova York com sua filha e ficou a postos perto de uma fileira de barricadas policiais em um frio congelante mais de 14 horas antes da meia-noite.

Membros da tripulação a bordo da Estação Espacial Internacional orbitando o globo enviaram saudações à multidão na Times Square.

As comemorações não ficaram sem violência, no entanto.

Várias horas antes de a bola descer sobre a Times Square, dois homens foram golpeados em um ponto de ônibus nas redondezas. Segundo um porta-voz da autoridade dos portos, o ataque aconteceu em meio a uma briga por ingressos.

Em Londres, confete comestível sabor banana e uma névoa sabor morango foram espalhadas pelo céu no momento em que fogos de artifício ao longo do Rio Tâmisa iluminaram o Big Ben e outros cartões postais.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAFESTAANONOVO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.