Não há indicação de amplo complô em atentado, diz governo dos EUA

Secretária de Segurança Interna pediu que o povo continue alerta e comunique qualquer suspeita

Reuters

16 de abril de 2013 | 16h47

(Texto atualizado às 19h22) WASHINGTON - A secretária de Segurança Interna dos Estados Unidos, Janet Napolitano, disse nesta terça-feira, 16, que não há indicação de que o atentado em Boston, que deixou três mortos e mais de 150 feridos, foi parte de uma ampla conspiração.

Napolitano afirmou que devido a "uma abundância de cautela", as autoridades manteriam um aumento nas medidas de segurança, visíveis e invisíveis, nos meios de transporte. Ela pediu que o povo norte-americano permaneça vigilante e comunique imediatamente qualquer sinal de atividade suspeita às autoridades policiais locais.

Além disso, nenhuma organização reivindicou a responsabilidade pelos ataques e a polícia federal norte-americana (FBI) não tem "informação definitiva" sobre os suspeitos, disse o agente que trabalha nas investigações, Richard DesLauriers.

"Neste momento não há reivindicações de responsabilidade. A gama de suspeitos e motivos continua amplamente aberta". "Não temos nenhuma informação definitiva sobre um suspeito ou suspeitos. Poderia ser uma pessoa, poderiam ser pessoas."

Tudo o que sabemos sobre:
EUAMaratona de Bostonatentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.