Nova Jersey aprova fim da pena de morte

Nova Jersey tornou-sena quinta-feira o primeiro Estado norte-americano a abolir apena de morte por decisão legislativa desde que a Corte Supremado país restituiu a prática, em 1976. A Assembléia, controlada pelos democratas, aprovou a medidapor 44-36 votos. Para os crimes mais graves, a pena de morteserá substituída pela prisão perpétua. A lei já havia sido aprovada na segunda-feira pelo Senadoestadual e deve ser sancionada na semana que vem pelogovernador Jon Corzine, também democrata. Nova Jersey não executa ninguém desde 1963. Torna-se agorao 14o Estado sem pena de morte, em um momento em que seu usodeclina na maioria dos 36 Estados que a adotam -- junto com ogoverno federal e as Forças Armadas. "Se alguém comete um crime hediondo, precisamos extirpá-loda sociedade como um câncer, e acredito que possamos fazer issosem a pena de morte", disse Joseph Roberts, presidente daAssembléia. Houve 53 execuções em 2006 nos EUA, menor número em 10 anos-- e que deve cair ainda mais em 2007. O Centro de Informaçõessobre a Pena de Morte estima que as condenações à pena capitalcaíram 60 por cento desde 1999. Anulações de penas com base em exames de DNA alimentaram aspreocupações com os riscos de erros judiciais, e restam dúvidassobre a eficácia da pena de morte como fator de dissuasão paracriminosos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.