Nova York recebe número recorde de visitantes, diz prefeito

Um número recorde de visitantes esteve neste ano em Nova York, gastando cerca de 32 bilhões de dólares, disse o prefeito Michael Bloomberg nesta terça-feira.

REUTERS

20 de dezembro de 2011 | 19h13

Até o final de 2011, cerca de 50,2 milhões de pessoas deverão ter visitado a cidade, gerando um impacto econômico de cerca de 48 bilhões de dólares, e mantendo 320 mil empregos, segundo relatório divulgado à imprensa.

"Há cinco anos e meio, estabelecemos uma ambiciosa meta de alcançarmos 50 milhões de visitantes até 2015, e em 2008 antecipamos a meta para o final de 2012", disse Bloomberg em nota. "Hoje, sabemos que iremos superar esse marco significativo até o final do ano."

Nova York é o principal destino turístico dos Estados Unidos, e principal porta de entrada no país. A empresa municipal de marketing NYC & Company prevê que 10,1 milhões de estrangeiros terão visitado a cidade até o final do ano, aumento de 4 por cento em relação a 2010. A Grã-Bretanha é a principal origem desses visitantes.

Em 2006, 28 por cento dos visitantes internacionais nos EUA passavam por Nova York; em 2010, esse número subiu para 33 por cento. Cada ponto percentual de aumento representa cerca de 600 milhões de dólares gastos na cidade.

A cidade também espera atrair um número recorde de visitantes internos, chegando a 40,1 milhões de pessoas, alta de 2,9 por cento em relação ao ano passado.

(Reportagem de Chip Barnett)

Tudo o que sabemos sobre:
EUANYTURISMO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.