Número de mortos em surto de meningite nos EUA sobe para 23

O número de mortos em um surto de meningite provocada por um fundo ligado a injeções de esteroides potencialmente contaminadas subiu para 23 após o registro de mais dois casos, informaram autoridades de saúde do país, neste sábado.

Reuters

20 de outubro de 2012 | 16h49

As vítimas fatais no Estado do Tennessee subiram para oito, maior contagem entre os Estados dos EUA, informou o Centro para Controle de Doenças (CDC) em seu site. Além disso, a Carolina do Norte registrou a primeira morte pela doença.

Outros Estados reportaram 13 novos casos de meningite por fungo, elevando o total de registros para 281.

O surto ocorreu com medicamentos despachados pela companhia NECC, de Massachussetts, que está enfrentando investigações e processos por causa das drogas contaminadas.

Autoridades de saúde dos EUA confirmaram na quinta-feira a presença do fungo mortal Exserohilum em frascos de esteroides da NECC usados para aplicações de injeções contra dor. Elas estimaram que pelo menos 14 mil pessoas podem ter sido expostas ao medicamento contaminado.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAMENINGITE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.