NY aumenta segurança por ameaça feita pela Internet

A polícia de Nova York reforçou asegurança de Manhattan, de pontes e túneis da cidade, nestasexta-feira, em resposta a um relato divulgado na Internet deque a al Qaeda estaria planejando detonar uma bomba radioativa. A polícia afirmou num comunicado de que a ameaça contra acidade foi uma "ameaça radiológica que não pôde serverificada", enfatizou que o esquema reforçado de segurança foiuma precaução e disse que o alerta para um ataque não mudou,continua "laranja". O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, declarou quenão há razão para acreditar que essa ameaça seja diferente deincontáveis outras que ocorreram desde 11 de Setembro. Uma fonte da área de segurança disse à Reuters que asautoridades estão respondendo a um diálogo pela Internet,registrado pelo site israelense www.debka.com, mas que ainformação relatada não tinha como ser checada. O site afirmou que havia uma onda de conversas em páginasna Internet ligadas à al Qaeda, uma dizendo que ocorreria umataque com "caminhões carregados de material radioativo contraa maior cidade dos Estados Unidos e centro nervoso dasfinanças". Outra mensagem mencionava Nova York, Los Angeles e Miamicomo alvos, divulgou o site israelense. Um porta-voz do Departamento de Segurança Interna, emWashington, declarou que a ameaça não tinha "substância".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.