NY dá passagem de ida a sem-teto que quiser deixar cidade

Medida é parte de programa para reduzir despesas com desabrigados; família sem-teto custa US$ 36 mil por ano

Efe,

29 de julho de 2009 | 16h24

A Prefeitura de Nova York comprou passagens de avião, somente de ida, para as famílias sem-teto que decidirem sair da cidade, como parte de um programa para reduzir os custos com abrigos para pessoas que não têm onde morar. O prefeito da cidade, Michael Bloomberg, iniciou o programa, já que abrigar uma família sem-teto em um albergue municipal custa US$ 36 mil por ano aos cofres da cidade, informou nesta quarta-feira, 29, o jornal The New York Times.

 

Até o momento, 550 famílias, de diferentes origens, acolheram a iniciativa da política municipal nova-iorquina, que entrou em vigor há dois anos e que também inclui destinos internacionais. Segundo fontes citadas pelo jornal, até agora, houve famílias que decidiram abandonar Nova York com destino a outros 24 Estados do país, principalmente Flórida, Geórgia, Carolina do Norte e Carolina do Sul.

 

Também há outras famílias que voaram para a França, África do Sul e, principalmente, para Porto Rico. Muitas delas acolheram a iniciativa já que moravam em Nova York e que, por dificuldades econômicas, perderam seu trabalho e se viram obrigados a recorrer aos abrigos, enquanto outros quiseram voltar a seus lugares de origem por outros problemas relacionados com a dificuldade do mercado de trabalho ou o alto custo da vida da cidade.

 

As pessoas que decidem retornar a seus lugares de origem devem entrar em contato com assistentes sociais e, depois que comprovarem sua situação, receberão os bilhetes que cobre apenas um trajeto de trem, ônibus ou avião, saindo de Nova York.

Tudo o que sabemos sobre:
Nova YorkEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.