Obama adia férias para acompanhar votação de reforma da saúde

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta terça-feira que irá adiar suas férias de fim de ano no Havaí para permanecer em Washington e acompanhar a votação no Senado de sua proposta de reforma da saúde.

REUTERS

22 de dezembro de 2009 | 16h19

"Não sairei até que meus amigos no Senado tenham completado seus trabalhos", disse após encontro com banqueiros na Casa Branca.

Obama deveria embarcar na quarta-feira rumo ao Havaí, o Estado onde nasceu e passou grande parte da infância.

"Minha postura é, se eles estão fazendo estes sacrifícios para dar um sistema de saúde para todos os norte-americanos, o mínimo que eu posso fazer é ficar e dar a eles apoio e ajuda de último minuto", afirmou.

Senadores democratas superaram o segundo de três obstáculos cruciais na manhã desta terça-feira, deixando o histórico projeto, uma das maiores prioridades domésticas de Obama, um passo mais perto de sua aprovação até o Natal.

Republicanos, que têm apenas 40 assentos no Senado, prometeram usar todas as táticas possíveis para atrasar o avanço do projeto.

(Reportagem de Patricia Zengerle)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMAFERIAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.