Obama alerta Putin sobre mais 'custos' por medidas na Ucrânia

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, alertou o presidente russo, Vladimir Putin, em uma conversa por telefone nesta segunda-feira que Moscou vai enfrentar custos adicionais se suas ações na Ucrânia persistirem, disse a Casa Branca em comunicado.

Reuters

14 de abril de 2014 | 21h50

"O presidente expressou grave preocupação com o apoio do governo russo a ações de separatistas pró-russos armados, que ameaçam minar e desestabilizar o governo da Ucrânia", informou o comunicado.

"O presidente observou o crescente isolamento político e econômico da Rússia, como resultado de suas ações na Ucrânia, e deixou claro que os custos já impostos à Rússia vão aumentar se essas ações persistirem", disse.

Anteriormente, um alto funcionário do governo também comentou a conversa dos dois líderes. Segundo ele, Obama disse a Putin que os EUA preferem uma solução diplomática para a crise na Ucrânia, mas criticou a Rússia por executar ações não "propícias" a esse caminho.

(Reportagem de Jeff Mason)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMAPUTINCUSTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.