Obama analisa situação no Oriente Médio com rei da Jordânia

Encontro deverá tratar também a cooperação para a reforma econômica e política

estadão.com.br,

17 de maio de 2011 | 03h02

Abdullah II, da Jordânia, e a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, na segunda 

 

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reúne-se nesta terça-feira, 17, com o rei Abdullah II da Jordânia para tratar da situação no Oriente Médio e das manifestações civis para reivindicar reformas democráticas nos países árabes.

 

Será o primeiro encontro entre Obama e Abdullah II desde o início da agitação civil em vários países do Oriente Médio, inclusive a Jordânia.

 

Segundo a Reuters, está também em pauta a retomada do processo de paz entre palestinos e israelenses, congelado há meses.

 

A Casa Branca indicou que os dois líderes abordarão também a cooperação para a reforma econômica e política e vias para aprofundar a relação bilateral.

O encontro dos dois líderes, no Salão Oval, iniciará para Obama uma semana de dedicação quase exclusiva ao Oriente Médio.

 

Na segunda-feira o rei Abdullah se reuniu com a secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton.

 

Pronunciamento

 

Na quinta-feira, o presidente americano deverá pronunciar no Departamento de Estado um discurso no qual abordará os processos de mudança nessa região mediante manifestações pacíficas.

 

Na sexta-feira, Obama receberá na Casa Branca o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu.

 

Com Efe e Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.