Obama assina ordem executiva para novas sanções contra Síria

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assinou uma ordem executiva na sexta-feira impondo novas sanções contra a agência de inteligência da Síria e dois familiares do presidente do país, Bashar al-Assad, em resposta à violenta repressão aos protestos, afirmaram autoridades norte-americanas.

REUTERS

29 de abril de 2011 | 15h11

Assad não está entre aqueles que serão atingidos pelas sanções, que incluirão congelamento de bens e proibição de negócios com os Estados Unidos, mas ele poderá ser incluído nesta lista se a violência por parte das forças do governo contra manifestantes pró-democracia continuar, acrescentaram as autoridades.

(Reportagem de Matt Spetalnick)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMASIRIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.