Obama debate reforma do sistema de saúde com republicanos

Presidente americano apresentou na terça-feira novo projeto que une propostas da Câmara e do Senado

Efe,

25 de fevereiro de 2010 | 08h57

O presidente dos EUA, Barack Obama, lidera nesta quinta-feira, 25, uma cúpula sobre a reforma do sistema de saúde, para a qual estão convidados os principais líderes da oposição republicana.

 

A reunião, que será realizada em Blair House, em frente à Casa Branca, vai durar seis horas e tem início marcado para as 10 horas locais (meio-dia em Brasília). A discussão será transmitida pela televisão nos EUA.

 

Em declarações nesta quarta-feira, Obama assegurou que espera ver "uma boa troca de ideias" sobre a reforma sanitária, principal prioridade legislativa de seu mandato. A reforma se encontra estagnada no Congresso depois que os democratas perderam a maioria absoluta no Senado, em janeiro.

 

Para tentar reacender o debate, Obama anunciou na terça uma nova proposta, que mistura os projetos de lei já aprovados no Senado e na Câmara de Representantes. Obama afirmou que espera que os republicanos apresentem no encontro suas sugestões para a reforma, que o líder assegura ser necessária para garantir a saúde econômica do país no futuro.

 

Segundo o programa da reunião, o encontro abordará quatro temas diferentes: o controle dos custos, a reforma dos seguros médicos, a ampliação da cobertura e a diminuição do déficit fiscal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.