Obama deve anunciar limite para remuneração de executivos

Teto dos salários de grandes direttores não deve passar de US$ 500 mil, valor que o presidente dos EUA recebe

Agência Estado e Dow Jones,

04 de fevereiro de 2009 | 07h28

O presidente dos EUA, Barack Obama, pretende anunciar nesta quarta-feira, 4, uma série de novos limites de remuneração, incluindo os dos salários de executivos, a nova arma de Washington para controlar o mercado financeiro. Entre as novas restrições em estudos, há um teto para os salários dos executivos de empresas que recebem ajuda do governo, segundo fontes do The Wall Street Journal. A medida representaria um inédito esforço para limitar a remuneração desses profissionais.   A senadora democrata Claire McCaskill propôs que o salário dos executivos das empresas que recebem socorro oficial seja limitado a US$ 500 mil ao ano - o salário de Obama. O governo também deve exigir que as empresas ajudadas com dinheiro público deem aos acionistas maior poder de decisão sobre como são remunerados os principais executivos, segundo fontes familiarizadas com os planos da administração.   As novas restrições não serão aplicadas a nenhum dos atuais programas de ajuda financeira, incluindo os US$ 250 bilhões de injeção de recursos do Tesouro nos bancos. Mas enquanto prepara o lançamento da segunda fase do socorro financeiro, o governo promete impor regras mais duras para todas as empresas que recorrerem ao dinheiro dos contribuintes.   "Há mecanismos para garantir que as instituições que estão pegando dinheiro público não usem esse dinheiro para uma remuneração excessiva de seus executivos", disse Obama à CNN. Os últimos detalhes do programa ainda estavam sendo finalizados na noite de ontem, sugerindo a pressa do governo para agir, diante da crescente indisposição dos políticos e da opinião pública em relação ao socorro para bancos e outras instituições.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAeleições nos EUABarack Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.