Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Obama deve reduzir impostos em US$ 1.000 para classe média

Aliada a maior eficiência de energia, medida deve gerar empregos e estimular a economia dos Estados Unidos

Reuters,

08 de janeiro de 2009 | 14h57

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta quinta-feira, 8, que oferecerá US$ 1.000 em redução de impostos para famílias de classe média e aumentará a eficiência da energia em milhões de casas norte-americanas, criando empregos e estimulando a economia. Veja também:Pacote de estímulo sai até dia 16 de fevereiro, diz PelosiDe olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise  "Para que as pessoas gastem novamente, 95% das famílias de trabalhadores vão receber 1.000 dólares em redução de impostos - a primeira fase de redução dos impostos para a classe média que eu prometi durante a campanha e que agora estará incluída em nosso próximo orçamento", disse ele durante discurso nos arredores de Washington. Obama afirmou que seu plano de recuperação da economia abrangerá assistência e cobertura de plano de saúde aos desempregados, além de propostas para dobrar a produção de energia alternativa nos próximos três anos.

Tudo o que sabemos sobre:
Crise FinanceiraBarack ObamaImpostos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.