Obama diz que agora é hora de Irã resolver disputa nuclear

Pouco antes de partir para uma viagem a Israel, o presidente norte-americano, Barack Obama, disse nesta segunda-feira que agora era a hora de o Irã tomar "medidas imediatas e significativas" para reduzir as tensões com a comunidade internacional sobre seu programa nuclear.

Reuters

18 de março de 2013 | 18h08

Como fez em anos anteriores, Obama aproveitou a ocasião da celebração do Ano Novo do Irã para instar o governo iraniano a resolver as diferenças com Washington e outras nações ocidentais sobre suas ambições nucleares.

"Os líderes do Irã dizem que seu programa nuclear é para pesquisas médicas e eletricidade. Até o momento, no entanto, eles não foram capazes de convencer a comunidade internacional de que suas atividades nucleares são exclusivamente para fins pacíficos", disse Obama em comunicado.

"Agora é a hora de o governo iraniano tomar medidas imediatas e significativas para reduzir as tensões e trabalhar em direção a uma solução contínua e permanente para a questão nuclear", disse ele.

Obama afirmou que os Estados Unidos preferiam uma solução pacífica e diplomática para a disputa. Mais tarde nesta semana, o presidente vai visitar Israel e Jordânia, onde o tema do Irã deve ser prioridade em sua agenda.

(Reportagem de Jeff Mason e Matt Spetalnick)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAIRAOBAMA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.