Reuters
Reuters

Obama diz que começou a tarefa de reconstruir os EUA

Presidente reforma promessa de mudança ao completar 100 dias no poder; YouTube transmite coletiva às 21h

Agências internacionais,

29 de abril de 2009 | 14h15

O presidente Barack Obama afirmou nesta quarta-feira, 29, que o novo governo americano empreendeu a tarefa de reconstruir o país. Durante um evento no Missouri, ele afirmou que os primeiros 100 dias no comando do país foram tensos, mas frutíferos.

 

Obama afirmou que está contente com os progressos que os EUA conquistaram, mas que não está satisfeito. "Agora teremos muito trabalho a ser feito, porque desde o dia em que assumimos o cargo encontramos desafios sem precedentes em tamanho e amplitude", disse o presidente em referência ao colapso econômico que mergulhou o país em uma grave recessão. "Estou confiante no futuro, mas não estou contente com o presente". "As mudanças que estamos fazendo são as mudanças que prometemos", afirmou, ressaltando a promessa de mudar a administração do país.

 

Obama ressaltou ainda que a Al-Qaeda e o Taleban são as maiores ameaças diretas para a segurança nacional dos EUA. "No Afeganistão e no vizinho Paquistão, temos problemas reais com o Taleban e a Al-Qaeda". "Como comandante-em-chefe, é meu trabalho garantir que Osama bin Laden e seus aliados não sejam capazes de criar um lugar seguro para matar mais 3 mil americanos ou mais".

 

O presidente prometeu ainda lutar a cada dia pelo povo americano. "Minha campanha foi possível porque os americanos queriam mudanças. Concorri a presidente porque queria levar essas vozes, suas vozes, comigo até Washington. Quero apenas que todos entendam que são vocês que estão trabalhando a cada dia na Casa Branca. Ouço suas histórias. Sei que me mandaram para Washington porque acreditavam na promessa de um dia melhor e não vou os desapontar".

 

Coletiva no YouTube

 

Mais tarde, Obama fará ainda sua terceira entrevista coletiva do ano e que será transmitida no horário nobre na TV americana e ao vivo no canal da Casa Branca no YouTube (youtube.Com/whitehouse) a partir das 21 horas (de Brasília).

Tudo o que sabemos sobre:
EUABarack Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.