Obama diz que economia dos EUA estaria pior sem resgate bancário

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse na quarta-feira que as condições econômicas dos Estados Unidos "estariam ainda piores" se o governo não tivesse feito um plano de resgate do sistema financeiro.

REUTERS

22 de julho de 2009 | 22h50

"Estávamos à beira de um derretimento financeiro total", disse Obama durante entrevista coletiva na Casa Branca.

Ele acrescentou que agora há "estabilização" no sistema financeiro norte-americano. "Nos afastamos da beirada", disse.

O presidente acrescentou que a imposição de tarifas sobre empréstimos arriscados é uma das opções que estão sendo consideradas para desencorajar os bancos a voltarem a práticas de negócios questionáveis.

(Reportagem de Tom Doggett)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMARESGATE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.