Obama diz que sanções contra Rússia podem ser removidas se cessar-fogo durar

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta quinta-feira que está esperançoso, porém cético, com o cessar-fogo na Ucrânia acertado nesta sexta-feira, e acrescentou que as sanções impostas à Rússia podem ser removidas se a trégua tiver longa duração.

REUTERS

05 de setembro de 2014 | 13h25

"No que diz respeito ao acordo de cessar-fogo, estamos esperançosos, mas, obviamente, com base na experiência do passado, também céticos de que, de fato, os separatistas vão até o fim e os russos parem de violar a integridade territorial e a soberania da Ucrânia. Então isso tem que ser testado", disse Obama após cúpula da Otan.

(Reportagem de Steve Holland e Phil Stewart)

Mais conteúdo sobre:
EUAOBAMARUSSIASANCOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.