Obama diz que solicitou opções militares contra grupo Estado Islâmico

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta quinta-feira que pediu a funcionários para preparar uma série de opções militares para enfrentar militantes do Estado Islâmico na Síria, mas afirmou que sua estratégia ainda está sendo desenvolvida.

REUTERS

28 de agosto de 2014 | 18h19

Em entrevista coletiva, Obama alertou contra especulações de que ele estaria prestes a tomar uma decisão de expandir ataques aéreos contra o Estado Islâmico além dos alvos que já estão sendo atingidos no Iraque por aviões norte-americanos.

"Eu não quero colocar a carroça na frente dos bois. Nós não temos uma estratégia ainda. Acredito que o que vi em algumas das reportagens sugere que as pessoas estão indo um pouco mais à frente de onde estamos atualmente."

(Reportagem de Steve Holland)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOPCOESESTADOISLAMICO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.