Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Obama e Bush encontram ex-presidentes na Casa Branca

O presidente dos EUA, George W. Bush, e seu futuro sucessor, Barack Obama, participaram na quarta-feira de um histórico encontro na Casa Branca com todos os ex-presidentes vivos. Antes, o republicano Bush e o democrata Obama, que toma posse no dia 20, reuniram-se reservadamente durante meia hora, supostamente para discutir questões econômicas e a crise do Oriente Médio. Em seguida os ex-presidentes Jimmy Carter, Bill Clinton (ambos democratas) e George H.W. Bush (republicano, e pai do atual presidente) se encontraram com Bush e Obama no Salão Oval, onde posaram para fotos. "Quero agradecer ao presidente-eleito por se juntar aos ex-presidentes para o almoço", disse George W. Bush, ao lado de Obama, que assentiu. "Uma mensagem que eu tenho e acho que todos partilhamos é de que queremos que você tenha sucesso. Sejamos democratas ou republicanos, nos importamos profundamente com este país", prosseguiu. "Todos nós que ocupamos este cargo entendemos que ele transcende o indivíduo, e lhe desejamos tudo de bom, assim como o país (deseja). Na medida em que pudermos, esperamos partilhar nossas experiências com você." Obama agradeceu o anfitrião e qualificou o encontro de extraordinário. "Todos os cavalheiros aqui entendem as pressões e as possibilidades deste cargo, e para mim ter a oportunidade de receber orientação, bons conselhos e camaradagem desses indivíduos é extraordinário", disse ele. Questionado sobre o que teria aprendido com os erros dos quatro antecessores vivos, Obama corrigiu o jornalista: "Com o sucesso deles!". Apesar de Obama ter atacado Bush inúmeras vezes durante a acalorada campanha eleitoral do ano passado, o processo de transição para o novo governo tem transcorrido com tranquilidade. Mas as relações entre os diversos presidentes nem sempre é rósea. Carter já qualificou o governo Bush como "o pior da história" no quesito relações internacionais e Clinton, que se dá bem com Bush-pai, criticou tanto o atual quanto o futuro presidente quando sua esposa, Hillary, era pré-candidata à Casa Branca, em 2008. O evento de quarta-feira foi a primeira reunião de ex-presidentes na Casa Branca em 27 anos. Depois do encontro no Salão Oval, os cinco homens teriam um almoço a portas fechadas, num salão com candelabros. (Reportagem adicional de Andy Sullivan)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.