Obama e Hollande conversam sobre Ucrânia e destacam ameaça de sanções

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, conversou com o presidente francês, François Hollande, sobre a situação na Ucrânia nesta sexta-feira e os dois concordaram que a Rússia pode enfrentar mais custos "significativos" se continuar com comportamento provocador e desestabilizador, informou a Casa Branca.

Reuters

16 Maio 2014 | 17h24

"O presidente Obama elogiou os esforços do governo ucraniano para unificar o país até a realização de eleições presidenciais livres e justas em 25 de maio, que vai levar a um processo de reforma constitucional inclusiva", disse a Casa Branca.

Os líderes discutiram também a situação na Nigéria, onde o grupo rebelde Boko Haram sequestrou 276 alunas.

(Reportagem de Mark Felsenthal e Jeff Mason)

Mais conteúdo sobre:
EUA FRANCA UCRANIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.