Obama e premiê do Canadá afinam posição sobre Gaddafi

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o premiê canadense, Stephen Harper, concordaram na segunda-feira sobre a necessidade de impedir mais violência por parte do governo do líder líbio Muammar Gaddafi e considerar medidas adicionais contra ele se necessário, afirmou a Casa Branca.

REUTERS

28 de fevereiro de 2011 | 21h42

Obama telefonou a Harper como parte de uma série de contatos com líderes mundiais para coordenar uma estratégia em relação à Líbia. Ele "destacou seu objetivo comum para dar uma resposta à situação", disse a Casa Branca em comunicado.

(Reportagem de Matt Spetalnick)

Tudo o que sabemos sobre:
EUACANADALIBIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.