Obama e presidente chinês discutem relações bilaterais

Hu Jintao expressou ao colega americano que os interesses de cada país devem ser respeitados e levados em consideração

EFE

31 de janeiro de 2009 | 02h58

O chefe de Estado da China, Hu Jintao, e o presidente americano, Barack Obama, tiveram uma conversa por telefone sobre os principais desafios que as duas potências enfrentarão, informa neste sábado a agência oficial de notícias chinesa "Xinhua". Hu e Obama trataram também das relações bilaterais entre China e Estados Unidos, terceira e primeira economias mundiais, respectivamente. Segundo a "Xinhua", o líder chinês expressou a Obama que os interesses de cada país devem ser respeitados e levados em consideração. Na conversa, Obama descreveu os laços entre China e EUA como "as relações bilaterais mais importantes para ambas as partes" e disse que seu Governo espera estreitar as relações em assuntos tanto internacionais como regionais. Hu e Obama também acordaram se reunir durante a próxima cúpula do Grupo dos Vinte (G20, que reúne os países mais ricos e os principais emergentes), em Londres, no mês de abril. A relação entre o novo Governo americano e Pequim nasce com dúvidas, especialmente depois dos comentários feitos na semana passada pelo nov secretário do Tesouro, Timothy Geithner, que alertou sobre a necessidade de pressionar a China para que reavalie sua moeda.

Tudo o que sabemos sobre:
Hu Jintao, Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.