Obama enviou carta secreta ao Irã sobre combate ao Estado Islâmico, diz jornal

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, enviou no mês passado uma carta secreta ao líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, destacando o interesse comum dos dois países na luta contra militantes do Estado Islâmico no Iraque e na Síria, revelou o Wall Street Journal nesta quinta-feira.

REUTERS

06 Novembro 2014 | 16h54

De acordo com a reportagem do jornal, a carta enviada em meados de outubro dizia que a cooperação entre os EUA e o Irã na luta contra o grupo militante estava atrelada a um acordo a ser firmado entre o Irã e outras nações sobre seu programa nuclear.

O jornal citou pessoas com conhecimento da carta. O texto afirma que autoridades do governo se recusaram a comentar o assunto com o jornal.

"Funcionários do governo não negaram a existência da carta quando questionados por diplomatas estrangeiros nos últimos dias", escreveu a publicação.

O porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, disse nesta quinta-feira que a política norte-americana para o Irã não foi alterada, acrescentando que não poderia comentar sobre correspondências privadas entre Obama e um líder mundial.

(Reportagem de Susan Heavey e Julia Edwards)

Mais conteúdo sobre:
EUAIRACARTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.