Obama expressa condolência à Noruega por mortos em atentado

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, telefonou neste sábado para o primeiro-ministro da Noruega, Jens Stoltenberg, para manifestar condolência pela morte de dezenas de noruegueses e oferecer ajuda, se necessário.

REUTERS

23 de julho de 2011 | 18h08

Segundo a Casa Branca, Obama queria expressar "sua mais profunda condolência pelas dezenas de noruegueses inocentes mortos e feridos nos ataques sem sentido de ontem em Oslo e na ilha de Utoya."

"O presidente ofereceu qualquer ajuda que os Estados Unidos puderem prover ao governo norueguês para lidar com essa tragédia horrível. Neste inacreditável período de dificuldade, o presidente reafirma a amizade profunda e duradoura entre os Estados Unidos e a Noruega," diz o comunicado da Casa Branca.

(Reportagem de Steve Holland)

Tudo o que sabemos sobre:
EUANORUEGACONDOLENCIAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.