Obama faz alerta sobre piora da economia mesmo com estímulos

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta sexta-feira que, mesmo com medidas econômicas para tirar os Estados Unidos da recessão, a economia ainda pode piorar antes de se reerguer. "A recuperação não vai acontecer em uma noite", disse ele a trabalhadores de uma fábrica em Ohio. "Mesmo com as medidas que estamos tomando, as coisas podem piorar antes de melhorar. Eu quero ser realista com todos sobre isso." Na quinta-feira, democratas representantes da Casa Branca anunciaram um estímulo econômico de 825 bilhões de dólares dedicados às medidas que o presidente eleito pediu. Ainda na quinta-feira, o Senado votou para dar a Obama autoridade para usar a segunda metade de 350 bilhões de dólares do pacote de socorro ao setor financeiro criado em outubro. Este financiamento é conhecido como TARP, sigla em inglês para Programa de Alívio de Ativos Problemáticos. (Reportagem de Jeff Mason)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.