Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Obama: Gaddafi deve interromper ataques ou enfrentar ação global

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, alertou o líder da Líbia, Muammar Gaddafi, que a comunidade internacional agirá com urgência para proteger os rebeldes líbios dos ataques do governo, a menos que a violência seja interrompida.

REUTERS

19 de março de 2011 | 13h37

"Nosso consenso foi forte e nossa decisão é clara. O povo da Líbia precisa ser protegido e, na ausência de um fim imediato à violência contra civis, nossa coalizão está preparada para agir e agir com urgência", disse ele em discurso ao lado da presidente Dilma Rousseff.

(Reportagem de Jeferson Ribeiro e Matt Spetalnick)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMABRLIBIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.