Obama pede libertação de soldado israelense e retomada do cessar-fogo em Gaza

O presidente norte-americano, Barack Obama, pediu nesta sexta-feira que o Hamas e as facções palestinas libertem um soldado israelense capturado como condição prévia para a resolução de tensões na região e afirmou que esforços serão feitos para restabelecer um cessar-fogo fracassado.

REUTERS

01 de agosto de 2014 | 16h37

"Se eles são sérios sobre a tentativa de resolver esta situação, o soldado precisa ser libertado incondicionalmente o mais rápido possível", disse Obama em entrevista coletiva.

"Um cessar-fogo era uma maneira de conter a matança, recuar e tentar resolver algumas das questões subjacentes", afirmou. "Tentar restabelecer isso juntos vai ser um desafio, mas vamos continuar a fazer esses esforços."

(Reportagem de Mark Felsenthal)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMAORMED*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.