Obama pede por paz e transparência no Missouri após morte de jovem

"Agora é tempo de curar. Agora é tempo para a paz e a calma nas ruas de Ferguson", disse Obama a repórteres em Martha's Vineyard

REUTERS

14 de agosto de 2014 | 14h46

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu nesta quinta-feira por paz nas ruas de Ferguson, no Estado de Missouri, após a morte de um adolescente negro desarmado por um policial, e fez um apelo às autoridades pedindo transparência na investigação.

"Agora é tempo de curar. Agora é tempo para a paz e a calma nas ruas de Ferguson", disse Obama a repórteres em Martha's Vineyard, onde está de férias com a família.

"Agora é hora para um processo aberto e transparente para que a Justiça seja feita", acrescentou Obama.

Obama disse ainda que pediu às autoridades locais e federais envolvidas na investigação que o mantenham informado nos próximos dias sobre o processo.

(Reportagem de Jeff Mason, em Edgartown, e Mark Felsenthal, em Washington)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAMISSOURIJOVEMMORTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.