Obama promete justiça ao receber corpos de mortos na Líbia

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, prometeu nesta sexta-feira que o país fará todo o possível para proteger norte-americanos no exterior. Ele enfatizou que os países que recebem missões diplomáticas devem fornecer segurança a esses funcionários.

Reuters

14 de setembro de 2012 | 16h40

"Vamos continuar a fazer tudo que estiver em nosso poder para proteger norte-americanos no exterior, seja aumentando a segurança em nossos postos diplomáticos, trabalhando com os países que recebem essas missões -que tem a obrigação de fornecer a segurança- e deixando claro que a justiça chegará para aqueles que ferirem americanos", disse Obama.

Ele falou durante uma cerimônia de homenagem na chegada dos corpos do embaixador Christopher Stevens, do agente de gerencimento de informação do Departamento de Estado Sean Smith e dos funcionários de segurança Tyrone Woods e Glen Doherty, dois ex-agentes especiais da Marinha dos EUA, que morreram no ataque ao consulado dos Estados Unidos na cidade líbia de Benghazi.

(Reportagem de Patricia Zengerle)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMAPROMETEJUSTICA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.