Obama recebe americanos que participaram do resgate de mineiros

Presidente teve encontro particular com trabalhadores na Casa Branca para parabenizá-los

AP,

28 de outubro de 2010 | 20h10

 

WASHINGTON- O presidente Barack Obama homenageou nesta quinta-feira, 28, os oficiais da Nasa e de várias empresas americanas pelo papel que desempenharam no resgate dos 33 mineiros que ficaram mais de dois meses presos em uma mina no norte do Chile.

 

Obama tinha planejado discursar no jardim da Cada Branca depois de se encontrar com o grupo no salão oval, mas a Casa Branca anunciou o cancelamento do discurso logo após a reunião.

 

Neste mês, o presidente já havia comentado que o resgate cativou o mundo, e elogiou todos os envolvidos na operação, inclusive uma equipe da Nasa que ajudou a desenvolver a cápsula Fénix 2.

 

Jim Stefanic, gerente de operações da empresa Geotec Boyles Bros. S.A., uma companhia de perfuração americano-chilena com sede em Santiago, disse que teve "uma conversa muito boa" com o governante.

 

"Ele parabenizou todo mundo envolvido nessa grande missão lá embaixo", disse Stefanic do lado de fora da Casa Branca. O presidente os disse que "estava muito orgulhoso do que fizemos lá embaixo, fazendo este trabalhado e resgatando todos os 33 mineiros vivos".

Tudo o que sabemos sobre:
Barack ObamaresgatemineirosChile

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.