Obama reenvia embaixador dos EUA para Líbia e promete apoio

O presidente Barack Obama anunciou nesta terça-feira que está enviando o embaixador dos Estados Unidos de volta a Trípoli para reabrir a embaixada do país e prometeu apoio ao governo de transição da Líbia ao pedir que os últimos leais a Muammar Gaddafi baixem suas armas.

REUTERS

20 Setembro 2011 | 11h02

"Nós ficaremos com vocês na sua luta para conseguir a paz e a prosperidade que a liberdade pode trazer", disse Obama em mensagem ao povo líbio, segundo discurso preparado para uma conferência da ONU sobre a reconstrução do país africano.

Ele deverá se reunir primeiro com Mustafa Abdul Jalil, presidente do Conselho Nacional de Transição da Líbia.

(Reportagem de Laura MacInnis e Matt Spetalnick)

Mais conteúdo sobre:
EUA OBAMA LIBIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.