Obama toma posse em cerimônia de dois dias

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vai fazer o juramento oficial de posse em uma cerimônia pequena e privada na Casa Branca neste domingo, estabelecendo um tom mais moderado para sua festa ante sua histórica posse de há quatro anos.

Reuters

20 de janeiro de 2013 | 12h22

Obama ainda será empossado publicamente fora do Capitólio dos EUA na segunda-feira com toda a pompa tradicional, mas esse evento será principalmente para exibição.

Tecnicamente, o evento deste domingo é o único que conta realmente de acordo com a Constituição norte-americana, que determina que o presidente deve tomar posse em 20 de janeiro.

Em comparação com a atmosfera na primeira posse de Obama, o clima será diferente desta vez.

A luta eleitoral amarga em 2012, o desemprego persistentemente elevado e confrontos fiscais - tanto no passado e ainda se aproximando - moderaram a esperança que Obama simbolizava quando assumiu o cargo depois de obter a vitória em um manto de mudança como o primeiro presidente negro dos EUA.

Desta vez se espera que as multidões sejam menores e o entusiasmo em torno do caso diminuída.

"Para muitas pessoas, esta é uma espécie de chapéu velho", disse Russell Riley, um especialista em retórica presidencial na Universidade de Virgínia. "A novidade e excitação em torno da primeira posse do presidente deu lugar a realidade política."

Neste domingo, após uma cerimônia de colocação de coroa de flores no Cemitério Nacional de Arlington, Obama será empossado na Casa Branca. Essa parte será privada - exceto por uma presença limitada da mídia - com uma pequena platéia formada principalmente por membros familiares.

(Por Matt Spetalnick)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAPOSSEOBAMA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.