Obama vai reformular ações contra o terror, diz NYT

O presidente eleito dos EUA, Barack Obama, pretende reformular a coordenação das atividades de contraterrorismo no governo, disse o jornal The New York Times na quarta-feira. Citando pessoas próximas ao processo de transição, o site do jornal informou que Obama deve abolir o cargo de consultor de Segurança Interna da Casa Branca, transferindo suas atribuições ao Conselho de Segurança Nacional. Um subassessor de Segurança Nacional deve supervisionar os planos antiterroristas e também a reação a desastres naturais, disse o jornal. Fontes democratas disseram ao jornal que John Brennan, veterano funcionário da CIA, será indicado para esse cargo. Ele já havia sido citado como diretor da CIA, mas deixou de ser nomeado, segundo o NYT, por causa de suas críticas aos métodos de detenção e interrogatório da agência. O Times disse que assessores de Obama ainda farão uma revisão formal dos indicados antes que seus nomes sejam oficializados. Mas pessoas envolvidas no processo disseram ao jornal que o único obstáculo parece ser acomodar todas as responsabilidades dentro do Conselho de Segurança Nacional e não dar a impressão de que o assunto perdeu importância no novo governo. Nessa re-estruturação, Brennan ficaria subordinado ao general da reserva James Jones (ex-Marines), que deve ocupar o cargo de assessor de Segurança Nacional, disse o Times. Dezenas de funcionários hoje a serviço do assessor de Segurança Interna devem ser transferidos para o Conselho de Segurança Nacional, e o Departamento de Segurança Interna não seria afetado pelas mudanças, acrescentou o diário. Ainda segundo o Times, integrantes do atual governo, inclusive o assessor de Segurança Nacional do presidente George W. Bush, Stephen Hadley, haviam aconselhado a equipe de transição a não eliminar a assessoria especial de Segurança Interna, sob pena de colocar responsabilidades demais sobre os ombros do Conselho de Segurança Nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.