Obama vai se reunir com papa 'no futuro próximo', anuncia Casa Branca

O presidente norte-americano, Barack Obama, está ansioso para se reunir o papa Francisco em um futuro próximo, disse a Casa Branca nesta terça-feira, dizendo que Obama está prestando muita atenção no trabalho do papa de abordar a desigualdade.

Reuters

14 de janeiro de 2014 | 19h56

"Eu não tenho mais detalhes para vocês sobre isso - tempo ou local - exceto dizer que o presidente aguarda com muita expectativa uma reunião", disse o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, a repórteres.

Obama citou o papa em dezembro durante um discurso, no qual se comprometeu a dedicar o resto de seu tempo no cargo a lidar com a diferença entre ricos e pobres nos Estados Unidos.

"Eu acho que o que vocês podem tirar de tudo isso é que o presidente está certamente ciente e prestando atenção no trabalho que está sendo feito pelo papa e o Vaticano", disse Carney.

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, se reuniu com o assessor do papa, o secretário de Estado arcebispo Pietro Parolin, para discutir os esforços de paz no Oriente Médio nesta terça-feira. Após a reunião, Kerry disse a repórteres que Obama visitaria o Vaticano.

(Reportagem de Roberta Rampton)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAPAPAREUNIAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.