Obama visita base de fuzileiros navais no dia de Natal

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e a primeira-dama, Michelle, acharam tempo em meio a sua viagem de Natal para visitar no sábado uma base do Corpo de Fuzileiros Navais no Havaí, onde eles cumprimentaram homens e mulheres em serviço durante um jantar natalino.

REUTERS

26 de dezembro de 2010 | 12h07

Obama, que vinha se mantendo discreto durante a viagem de 11 dias da família e passou praticamente o tempo todo longe dos olhos do público, visitou a mesma base nos anos passado e retrasado no Natal.

Durante cerca de 40 minutos, o presidente e a primeira-dama deram a mão, posaram para fotos, admiraram bebês e conversaram com fuzileiros navais e suas famílias em um refeitório decorado para o Natal.

"Você ganhou tudo o que quis?," perguntou Obama a uma pequena garota, que exibia uma pulseira, fazendo o presidente apontar para uma possível nova pulseira no pulso de Michelle.

Os EUA têm atualmente 100 mil soldados no Afeganistão combatendo militantes islâmicos. Obama afirmou no começo deste mês que seu aumento de tropas no país resultou em avanços suficientes para iniciar uma retirada de forças em julho.

O jantar de Natal de Obama em sua casa de praia consistiu em carne, batatas assadas e feijões verdes, com torta para a sobremesa, disse a Casa Branca.

"A primeira-família está curtindo parentes e amigos, aproveitando suas atividades tradicionais de Natal e assistindo a um jogo de basquete da NBA," afirmou o porta-voz da Casa Branca, Bill Burton.

(Reportagem de Travis Quezon)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMANATALDS3A*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.