Onda de calor e tempestades provocam apagões no leste dos EUA

O calor forte continua castigando o leste dos Estados Unidos pelo quarto dia consecutivo nesta segunda-feira e cerca de 2,1 milhões de lares e empresas ficaram sem energia elétrica após a morte de 18 pessoas em decorrência de tempestades e da temperatura elevada.

IAN SIM, Reuters

02 de julho de 2012 | 20h07

As empresas elétricas alertaram que a normalização do serviço pode levar vários dias em algumas áreas. No domingo, 288 recordes locais de temperatura foram batidos no país inteiro.

O Serviço Nacional de Meteorologia previu temperaturas acima de 32 graus Celsius em várias áreas nesta semana. Vários Estados do sul e parte do vale do Mississippi continuam em estado de atenção por causa do calor.

Os meteorologistas preveem também tempestades no Kentucky, Missouri e Estados do centro-norte do país.

Maryland, Ohio, Virginia, Virginia Ocidental e Washington DC entraram em estado de emergência por causa da rara tempestade chamada "super-derecho" ("super-reta"), que durante 12 horas avançou com ventos de furacão por uma área de 1.100 quilômetros, do Meio-Oeste até a costa atlântica.

Cerca de 2,1 milhões de clientes continuavam sem energia entre Illinois e Nova Jersey. A região de Washington era a mais atingida. Funcionários públicos federais na capital ganharam ponto facultativo na segunda e terça-feira.

Duas das maiores seguradoras do país, a USAA e a Nationwide, disseram ter recebido mais de 12 mil avisos de sinistro em decorrência das tempestades do fim de semana. A maioria dos casos era de danos em residência.

As tempestades encerraram um junho excepcionalmente oneroso para as seguradoras, que enfrentaram custos de pelo menos 1 bilhão de dólares por causa de uma chuva de granizo em Dallas.

(Reportagem de Bruce Olsen, em St. Louis; de Karen Brooks, em Austin; de Alex Dobuzinskis, em Los Angeles; de Paul Thomasch, em Nova York; de Susan Guyett, em Indianapolis; de Tim Ghianni, em Nashville; de Jane Sutton, em Miami; e de Alistair Bull, em Washington)

Mais conteúdo sobre:
EUACALORAPAGOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.