Onda de frio castiga centro e norte dos EUA e mata 1

No extremo norte de Minnesota, temperatura chegou a 38 graus negativos; morte foi registrada em Wisconsin

Efe,

14 de janeiro de 2009 | 02h39

Uma onda de frio se estacionou nesta terça-feira, 13, sobre os estados do centro e do norte dos Estados Unidos causando intensas nevascas, a morte de pelo menos uma pessoa e dezenas de acidentes de trânsito, informaram as autoridades. No extremo norte do estado de Minnesota, a temperatura chegou, durante o dia, a 38 graus negativos, enquanto mais ao sul, no Kansas e no Missouri, o termômetro oscilou entre 12 e 13 graus abaixo de zero. No norte de Wisconsin, o frio causou a morte de um homem de 51 anos que costumava ter surtos de sonambulismo durante a noite, segundo disseram à imprensa local filhos da vítima. A neve e o gelo que cobriram as estradas foram as causas principais de acidentes em Minnesota. Em Indiana, um caminhão tombou derramando sobre o asfalto mais de 20 toneladas de queijo. Na maioria dos estados do norte e do centro do país foi ordenado aos estudantes que não fossem à escola. O Serviço Meteorológico Nacional advertiu que a onda de frio continuará durante toda quarta-feira e advertiu que é provável que uma segunda onda de baixas temperaturas ocorra entre quinta e sexta. As autoridades também emitiram alertas para os estados do extremo nordeste do país, assim como para Dakota do Norte e Ohio.

Tudo o que sabemos sobre:
frioclimaonda de frioEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.